13/12/2014

As andorinhas de Bordallo Pinheiro



Aristoteles dizia, "Uma andorinha só não faz a Primavera", mas faz um bonito presente de Natal :)
Estas andorinhas combinam tão bem com vários ambientes, sozinhas, ou melhor ainda, em bando.





O primeiro registo das andorinhas decorativas em cerâmica é atribuido a Rafael Bordallo Pinheiro e data de 1891. As andorinhas de Bordallo Pinheiro podem ser encontradas na loja A Vida Portuguesa, que comercializa uma reedição, segundo os moldes originais das Faianças Bordallo Pinheiro.
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© Anantique. All rights reserved.