23/09/2018

De "haik" a cortina


Há uns vinte anos fui pela primeira vez a Marrocos, país que gosto muito e onde já voltei várias vezes. Tão próximo e tão diferente da nossa realidade europeia. Fascinam-me, particularmente o deserto e os souks, os mercados tradicionais. Se pudesse, vinha carregada de tapetes, candeeiros, couros, enfim, até que a minha paciência para negociar preços se esgotasse.
SHARE:

07/09/2018

C de Madrid


Há tempos escrevi sobre letras metálicas industriais, na verdade tenho uma certa "pancada" por estas peças. O C não poderia tardar mas chegou mais depressa do que eu esperava. É o C de Clara, mas na realidade é um C de Madrid.
Chegou pela mão da "tia" Patrícia, uma das nossas madrinhas de casamento (por desígnios do destino, foi graças a ela que eu e o Tiago nos "encontramos").

SHARE:

02/09/2018

O sobreiro do sanatório


Há uns meses o Tiago ligou-me a perguntar se queria um tronco porque estavam a cortar umas árvores no hospital onde trabalha. Claro que queria, embora ainda não tivesse ideia de como o utilizar. A ideia chegou agora recentemente, com a decoração do quarto da Clara.

SHARE:
© Anantique. All rights reserved.